Estudantes da rede estadual participam, em Cachoeira, das comemorações dos 201 anos da Independência do Brasil na Bahia

As comemorações cívicas dos 201 anos da Independência do Brasil na Bahia, celebrados no dia 25 de junho, no município de Cachoeira, vão contar com a participação dos estudantes integrantes de bandas e fanfarras de cinco colégios da rede estadual de ensino. Neste ano, a previsão do Governo do Estado é investir mais de R$ 10 milhões nas fanfarras escolares, beneficiando 159 escolas em toda a Bahia. Nesta data magna, a histórica cidade do Recôncavo Baiano se torna sede do governo, marcando a proclamação da Junta Conciliatória e de Defesa e o início das lutas contra a invasão portuguesa.

Participam do Desfile Cívico do 25 de Junho as bandas ou fanfarras do Colégio Estadual de Cachoeira, com sede no município de Cachoeira; do Colégio Estadual Rômulo Galvão, em São Félix; do Colégio Estadual de Castro Alves, no Distrito de Acupe, em Santo Amaro; do Colégio Estadual Mandinho de Souza Almeida, em Conceição do Almeida; e do Colégio Estadual de Conceição da Feira, em Conceição da Feira. Somente de Cachoeira vão desfilar 60 estudantes integrantes da Banda Marcial do Colégio Estadual de Cachoeira (Bamcec), trazendo o tema “70 anos do colégio”.

Imbuídos do viés histórico e motivados pelo espírito revolucionário do povo cachoeirano, a programação em homenagem à memória dos que lutaram com heroísmo e patriotismo será iniciada às 6h do dia 25 de junho, com a salva de tiros e, às 8h, com o hasteamento dos pavilhões nacional, estadual e municipal. Às 8h30 será entoado o Te Deum e, às 10h, haverá a sessão solene, tendo como orador o padre Adeilson Pugas Milhazes. O desfile cívico tem início às 15h, pelas ruas da cidade.

História – Em 25 de junho de 1822, na Vila de Nossa Senhora do Rosário do Porto da Cachoeira, portugueses e brasileiros se enfrentaram em um conflito que se estendeu até o dia 28 do mesmo mês. Foram três dias de confronto, marcando os primeiros passos para a Independência do Brasil na Bahia. Ainda na manhã do dia 25 daquele ano, reunidos em sessão solene na Câmara Municipal, autoridades políticas aclamaram D. Pedro I “Príncipe Regente e Defensor Perpétuo do Brasil”, razão para a deflagração dos conflitos e animosidade de ambos os lados. Cachoeira possui o título de “Heroica Cidade da Cachoeira”, através do Decreto Imperial de 13 de março de 1837, em reconhecimento à sua participação nos movimentos separatistas ocorridos nas primeiras décadas do século XIX.

SERVIÇO
O QUÊ: Fanfarras escolares participam do Desfile Cívico do 25 de Junho
QUANDO: Terça-feira (25), às 15h
ONDE: Cachoeira – BA
CONTATO: ASCOM 71 3115 9026 / 71 99988 0251

Foto Ilustrativa: Feijão Almeida

 

Assessoria de Comunicação

Secretaria da Educação do Estado da Bahia