Incêndio atinge residência e mata três crianças - Violência | Valter Vieira - Informação de qualidade
14 de dezembro de 2018
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

VIOLÊNCIA - 04/06/2018

Incêndio atinge residência e mata três crianças

Incêndio atinge residência e mata três crianças

Três crianças morreram nesta segunda-feira (4) após um incêndio em uma residência, na cidade de Itaitinga, Região Metropolitana de Fortaleza. A residência está localizada na Rua Sete, no Bairro Barrocão.

De acordo com a capitã Juliane Freire, do Corpo de Bombeiros, o órgão foi chamado por volta das 2h50 e que o fogo iniciou dentro do quarto onde estavam as crianças, sendo duas meninas e um menino.

"Recebemos um chamado por volta das 2h50 da manhã. Mandamos três viaturas. Sendo um caminhão de combate ao incêndio, uma de salvamento e uma ambulância. Infelizmente quando chegamos não tinha o que fazer. O fogo se concentrou dentro do quarto das crianças", disse.

Juliane Freire acrescentou também que devido ao forte calor o teto do quarto desabou e que a Perícia Forense do Ceará (Pefoce) deve retornar ao local para descobrir as causas do incêndio.

"O calor foi muito forte. O cômodo ficou totalmente destruído. O telhado não resistiu e cedeu. A perícia veio aqui, mas não conseguiu descobrir. Ela deve retornar para tentar descobrir as causas do acidente", afirmou.

Quarto ficou destruído. As crianças estavam dormindo no momento do incêndio. (Foto: Valdir Almeida/G1 Ceará)Quarto ficou destruído. As crianças estavam dormindo no momento do incêndio. (Foto: Valdir Almeida/G1 Ceará)

Quarto ficou destruído. As crianças estavam dormindo no momento do incêndio. (Foto: Valdir Almeida/G1 Ceará)

Calor intenso e desespero

Os pais estavam no quarto do lado e tentaram salvar as crianças, só que de acordo com familiares, as chamas ficaram muito altas e os pais não conseguiram apagar. Vizinhos também tentaram socorrer as crianças, mas não tiveram sucesso. O morador e amigo da família, Cristiano Antônio, conta que tentou entrar no quarto, mas o calor era muito forte.

"Quando eu cheguei o fogo já tinha tomado de conta. Muito calor. Eu ainda entrei no quarto mas as crianças já estavam carbonizadas. Tudo queimado. Em seguida eu sai de lá", relata.

O morador Cristiano Antônio relata desespero dos vizinhos. Muita gente tentando ajudar, mas o fogo foi mais forte. "Tentamos apagar de todo jeito, mas não conseguimos. Muito fogo e um desepsero só. Eles eram praticamente da família. Muito triste", conta emocionado.

Um agente do Corpo de Bombeiros disse ao G1 que os pais das crianças sofreram apenas ferimentos leves e foram encaminhados para uma unidade hospitalar.

Três equipes dos bombeiros de Horizonte, cidade vizinha, foram enviadas para combater o incêndio que durou cerca uma hora. A Polícia Militar também participou da operação.

Ainda segundo os bombeiros, as vítimas têm idade entre 2, 5 e 6 anos. Os bombeiros acreditam que um curto-circuito pode ter provocado o incêndio.

Segundo o Corpo de Bombeiros o calor foi tão intenso que o teto do quarto desabou.  (Foto: Valdir Almeida/G1 Ceará)Segundo o Corpo de Bombeiros o calor foi tão intenso que o teto do quarto desabou.  (Foto: Valdir Almeida/G1 Ceará)

Segundo o Corpo de Bombeiros o calor foi tão intenso que o teto do quarto desabou. (Foto: Valdir Almeida/G1 Ceará)

Moradores tentaram entrar no quarto e apagar as chamas, mas o calor era muito forte. (Foto: Valdir Almeida/G1 Ceará)Moradores tentaram entrar no quarto e apagar as chamas, mas o calor era muito forte. (Foto: Valdir Almeida/G1 Ceará)

Moradores tentaram entrar no quarto e apagar as chamas, mas o calor era muito forte. (Foto: Valdir Almeida/G1 Ceará) G1

Enquete

Você concorda com a reforma da previdência?

*Enquete encerrada.
  • 3%
  • 24%
  • 74%