'O tempo não para': Samuca descobre golpe do pai e o confronta - Novelas | Valter Vieira - Informação de qualidade
14 de dezembro de 2018
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

NOVELAS - 06/12/2018

'O tempo não para': Samuca descobre golpe do pai e o confronta

'O tempo não para': Samuca descobre golpe do pai e o confronta

Samuca (Nicolas Prattes) vai levar um grande golpe ao descobrir que Livaldo (Nelson Freitas) está reivindicando a criação do adubo que deu origem à Samvita em "O tempo não para". O rapaz, no entanto, vai atrás do pai para tirar satisfações com ele. "Você planejou tudo desde o início, não foi? Você queria desviar a minha atenção com esse papo de pai e filho, de querer se reaproximar de mim... O que você queria era entrar na Samvita e quebrar com a empresa, como você está fazendo agora... Tomando pra você a patente do adubo Vitae... Você está fazendo isso tudo por dinheiro!", fala Samuca.

Livaldo fala que a ideia original do adubo era dele. "Tudo que você tinha era uma ideia incipiente, um esboço sem valor nenhum", responde Samuca. "Um esboço promissor... Tanto que deu origem ao adubo Vitae", continua Livaldo. "Quem desenvolveu o adubo fui eu. Com a ajuda e o investimento da minha mãe. Ela vendeu a única coisa que a gente tinha pra ajudar nas pesquisas, aquele carro velho", diz Samuca.

Livaldo fala que o carro era dele. "Ainda assim você acha mesmo que é o dono do adubo...", fala o empresário. "Eu sou... Eu registrei a primeira patente, antes da sua mãe me mandar embora!", afirma o golpista. "O adubo é patente minha, está no meu nome... E eu liberei a fórmula pro mundo inteiro. Foi a melhor coisa que eu podia ter feito... Você não tem nada a ver com isso. Você sumiu no mundo", fala Samuca. Livaldo fala que tentou voltar várias vezes, mas que Carmen (Christiane Torloni) o afastou dele e que o ama. "Quero provar pra você que eu não sou o bandido dessa história. A bandida de verdade é a Carmen!", diz ele. Em um ímpeto, Samuca pega Livaldo pelo colarinho: "Você não vai falar assim da minha mãe!".

"Não quero acabar com você, muito menos com a sua empresa. Só quero o que é justo. A Carmen sempre me tratou como um lixo, nunca me deu o devido valor... Agora quero o que é meu por direito", defende-se. Samuca fala que é a Justiça quem vai decidir sobre esse assunto e afirma que nunca mais quer quer ver o pai: "Presta atenção... Esquece que eu existo... De verdade! Não quero nunca mais ter que olhar pra sua cara!". EXTRA ONLINE

Enquete

Você concorda com a reforma da previdência?

*Enquete encerrada.
  • 3%
  • 24%
  • 74%