Fabiana corre o risco de ser presa em ‘O outro lado do paraíso’ - Novelas | Valter Vieira - Informação de qualidade
16 de julho de 2018
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

NOVELAS - 01/04/2018

Fabiana corre o risco de ser presa em ‘O outro lado do paraíso’

Fabiana corre o risco de ser presa em ‘O outro lado do paraíso’

Fabiana (Fernanda Rodrigues) vai levar um tombo daqueles em “O outro lado do paraíso”. Segura de si após conseguir bloquear os bens de Clara (Bianca Bin) na justiça, no capítulo de amanhã, a loura não canta de galo por muito tempo e sai derrotada da audiência em que a rival recorre. De quebra, a dondoca ainda corre o risco de ser presa.

‘O outro lado do paraíso’: resumos de 9 a 14 de abril

‘O outro lado do paraíso’: resumos de 2 a 7 de abril

— Uma pessoa como ela nunca fica completamente falida. Fabiana é ambiciosa, se sente lesada, quer tudo o que é da outra — resume Fernanda, cuja personagem deseja a herança da mocinha para voltar a nadar no dinheiro.

Durante toda a sessão, na verdade, Fabiana percebe que pode vencer mais uma vez e pega pesado com a mocinha.

— Ela não presta, internou a avó, o que já foi uma grande maldade, e vai fazer um monte de coisa para atazanar a vida da Clara — avisa a atriz.

Junto à mulher, Renato (Rafael Cardoso) aproveita uma brecha para botar mais lenha: “Senhor juiz, Clara se apossou do que não era seu. Minha esposa foi lesada. Clara deve devolver o valor das telas”.

O jogo vira quando Patrick (Thiago Fragoso) traz para testemunhar a nova diretora do hospício onde Clara e Beatriz (Nathalia Timberg) foram internadas. Como a vilã quer desmerecer a doação que a avó fez à rival, alegando que ela não estava lúcida, a diretora, na época psiquiatra do local, prova que tentava mostrar a sanidade da paciente.

As atrocidades praticadas por Fabiana contra a avó fazem com que o juiz ordene o desbloqueio dos bens de Clara. A loura se manifesta, mas o magistrado declara: “Agradeça por não sair daqui presa, para responder sobre a internação de sua própria avó, para se apoderar de sua fortuna. Mas ainda será julgada. Em todo caso, permita-me uma observação particular. Dona Fabiana, a senhora me enoja”. EXTRA ONLINE

Enquete

Você concorda com a reforma da previdência?

*Enquete encerrada.
  • 3%
  • 24%
  • 74%