Ex-prefeito e vereador são julgados por crime que matou radialista há 20 anos - Justiça | Valter Vieira - Informação de qualidade
16 de julho de 2018
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

JUSTIÇA - 15/05/2018

Ex-prefeito e vereador são julgados por crime que matou radialista há 20 anos

Ex-prefeito e vereador são julgados por crime que matou radialista há 20 anos Um júri popular, que ocorre desde esta segunda-feira (14), decide a pena dos acusados pela morte de um radialista em Eunápolis, ocorrida há 20 anos. O comunicador Ronaldo Santana foi morto no dia 9 de outubro de 1997, no centro de Eunápolis. Segundo o site Radar 64, dois homens a bordo de uma moto surpreenderam a vítima que foi baleada. Santana chegou a ser socorrido, mas não resistiu. No julgamento, são réus o ex-prefeito de Eunápolis Paulo Dapé, à época chefe do executivo da cidade; o atual vereador Valdemir Batista Oliveira, o bancário Antônio Oliveira Santos e a mãe de santo Maria Sindoiá. Ainda segundo o site, os promotores Ariomar da Silva e Luiz Ferreira Neto pediram a condenação de Paulo Dapé como mandante do crime. Os outros, que ocupavam cargos comissionados na prefeitura em 1998, seriam partícipes do crime. Conforme o G1, os quatro acusados foram denunciados pelo autor dos disparos que vitimaram o radialista, o ex-policial militar Paulo Sérgio Lima. O PM já cumpriu pena pelo assassinato. BN/Ronaldo Santana morreu em outubro de 1997/Foto: Reprodução / Radar 64

Enquete

Você concorda com a reforma da previdência?

*Enquete encerrada.
  • 3%
  • 24%
  • 74%