Projeto piloto transformará CRAS do bairro Rua Nova em referência a nível nacional - Feira de Santana | Valter Vieira - Informação de qualidade
18 de outubro de 2018
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

FEIRA DE SANTANA - 18/10/2018

Projeto piloto transformará CRAS do bairro Rua Nova em referência a nível nacional

Projeto piloto transformará CRAS do bairro Rua Nova em referência a nível nacional

Projeto piloto implantado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso) vai transformar o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) do bairro Rua Nova em modelo a nível nacional. A iniciativa foi lançada na manhã desta quarta-feira, 17, através de parceria com a Faculdade Uninassau, viabilizando um profundo estudo para definir a adoção de medidas que garantam atendimento de excelência à comunidade no serviço público.

Ao apresentar o projeto, o secretário de Desenvolvimento Social, Ildes Ferreira, informou que a partir dos resultados obtidos no projeto piloto da Rua Nova, todos os outros 14 CRAS de Feira de Santana também adotarão o novo padrão de atendimento ao público.

Melhoria nos atendimentos

A cooperação entre a Sedeso e a Uninassau, denominada de “Case de Sucesso”, “será um forte aliado, como estratégia para efetivar melhorias nos atendimentos realizados pelos equipamentos de assistência social”, conforme frisa a responsável técnica do Programa de Convivência Social e Cidadania, Mirian Moraes Cerqueira.

Trabalho será desenvolvido durante um ano

Já o diretor da Faculdade Uninassau, Edemilson Sarmento, destaca a importância deste investimento para otimização dos serviços públicos. “O projeto consiste em melhorar a gestão e organização para fornecer melhores serviços à comunidade”, ressaltou, observando que o trabalho será desenvolvimento ao longo de cerca de 1 ano.

As intervenções, conforme a coordenadora do CRAS Rua Nova, Alexandra Malaquias, vão atingir todos os setores do equipamento da Sedeso. “Vamos tornar o atendimento mais eficiente em todas as áreas, desde a portaria e a agente de serviços gerais até os técnicos, como psicólogos e assistentes sociais”, informou. SECOM

Enquete

Você concorda com a reforma da previdência?

*Enquete encerrada.
  • 3%
  • 24%
  • 74%