Preenchedores temporários podem aumentar volume da vagina e do pênis - Especial | Valter Vieira - Informação de qualidade
17 de outubro de 2017
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

ESPECIAL - 16/10/2017

Preenchedores temporários podem aumentar volume da vagina e do pênis

Preenchedores temporários podem aumentar volume da vagina e do pênis

Se você sempre se sentiu constrangido ou com medo de dar um up na sua área íntima saiba que os últimos avanços estéticos tornam essa possibilidade mais prática do que você imagina. Através da técnica do preenchimento, a vagina pode ganhar mais volume e o pênis aumenta de tamanho em um curto espaço de tempo.

De acordo com o dermatologista André Marinho, o assunto ainda é tabu, mas cada vez mais pessoas demonstram interesse em melhorar essa área. “O preenchimento de grandes lábios nas mulheres sai na frente nessa corrida. Elas aceitaram primeiro a proposta. Os homens ainda são mais tímidos. Mas cada vez mais procuram assistência”, comenta o profissional.

Naturalmente existe uma diferença significativa entre os dois procedimentos. Segundo o profissional, o preenchimento na mulher é praticamente igual a reposição de volume nos lábios da face.

“Quando elas atravessam a fase dos quarenta anos já sentem os grandes lábios mais murchos, ou outras acham eles pequenos demais em comparação aos pequenos lábios. A partir daí o procedimento é muito simples, feito com agulha e demora apenas poucos minutos”, comentou o profissional.

Já nos homens o processo é um pouco mais delicado. Utiliza-se anestesia na área para fazer um único furinho entre a glande e o eixo do pênis onde é passada uma cânula semiflexível por esse orifício.

“A vantagem da cânula é que tem uma ponta redonda. Ela não machuca nenhuma das estruturas, vasos, artérias e corpos estruturais do membro”, explicou o dermatologista ressaltando que os produtos depositados podem ser o ácido hialurônico, a hidroxiapatita de cálcio ou o radiesse – todos eles preenchimentos não definitivos.

“Colocamos o produto bem diluído em torno de toda a extensão do pênis. Com isso se engrossa alguns centímetros na extensão e até mesmo conserta desvios para os lados”, complementa André.

 

Ambos procedimentos são pouco dolorosos. André adianta que muitos homens podem sentir um leve desconforto ao perceberem o produto entrando no eixo da genitália, mas é algo passageiro. “A única orientação é que o paciente massageie a região vigorosamente na primeira semana para o produto ficar bem uniforme. Nos dois primeiros dias fica dolorido, mas não chega nem a precisar tomar remédio de dor ou se afastar das suas atividades do dia a dia”, comenta o profissional.

“Além do resultado ficar natural, ninguém poderá dizer que o paciente fez algo ali — nem com o pênis flácido, nem com ele rígido”. De acordo com André, no caso das mulheres, o resultado é instantâneo. Em poucos dias elas já estão aptas a voltar para a vida sexual normalmente.

Vale lembrar que no dia que a sessão é feita, pequenos hematomas e inchaços na área podem ocorrer, mas isso é uma reação normal. Pessoas com doenças sistêmicas, com alto grau de ansiedade sobre o assunto e mulheres que não fizeram seu check-up ginecológico no último mês não podem realizar o procedimento.

Além disso, é necessário ter certeza que a mulher não está com alguma infecção ginecológica para poder mexer na região. Dependendo da escolha do produto, o efeito pode durar de um a três anos.

“Essa área de preenchimento ainda sofre muitos preconceitos, mas é algo necessário já que muitos homens e mulheres terão a sua autoestima renovada e conseguirão ter uma vida sexual ativa sem vergonha dos parceiros” orientou o profissional. METRÓPOLES

Enquete

Você concorda com a reforma da previdência?

*Enquete encerrada.
  • 3%
  • 24%
  • 74%