Mulheres conseguem medidas protetivas contra ex-companheiros durante plantão de Carnaval - Carnaval | Valter Vieira - Informação de qualidade
21 de maio de 2018
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

CARNAVAL - 10/02/2018

Mulheres conseguem medidas protetivas contra ex-companheiros durante plantão de Carnaval

Mulheres conseguem medidas protetivas contra ex-companheiros durante plantão de Carnaval Através da atuação da Defensoria Pública da Bahia, duas mulheres terão medidas protetivas contra os ex-companheiros. As duas procuraram o plantão da Defensoria durante o Carnaval por serem vítimas de agressões. Em um caso, uma doméstica procurou a Defensoria por sempre sofrer ameaças e agressões físicas e verbais durante os três anos de relacionamento com o ex. Em dezembro do ano passado, as agressões ficaram mais intensas. Ela foi agredida pelo ex junto a um desconhecido com um pedaço de pau, uma faca e uma tesoura. Ela tem recebido ameaças com frequência do ex-companheiro e dos familiares dele. Outro caso foi de uma mulher que manteve um relacionamento de três anos e teve um filho com este parceiro. A criança tem um ano de idade. Ela se separou há seis meses e começou a sofrer agressões verbais ainda na gravidez, que posteriormente passaram a agressão física. Seus outros filhos, de outro relacionamento, também passaram a receber agressões verbais, sendo necessário o acompanhamento psicológico das crianças. De acordo com seu relato, mesmo depois de separados, o ex-companheiro a perseguia e a última agressão aconteceu na última quarta-feira (7), quando saia do pediatra com o seu filho. “Da mesma forma que fazemos no dia a dia da Defensoria Pública, fazemos aqui no Plantão do Carnaval. A defesa da mulher vítima de violência doméstica é prioridade”, assegura a defensora pública Eva Rodrigues, que coordena a Especializada de Direitos Humanos da Defensoria. Durante o Carnaval, a Defensoria estará com um posto de atendimento da Delegacia Especializada da Mulher (Deam), em Brotas, das 14h às 20h. BN

Enquete

Você concorda com a reforma da previdência?

*Enquete encerrada.
  • 3%
  • 24%
  • 74%